Filosofia: Ensino e Pesquisa

Que todos os seres sejam felizes! Que todos os seres tenham paz! Que todos os seres sejam livres!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Neste Natal - por André Luiz





Neste Natal, por algum momento, pacifica a tua alma para receber as vibrações de amor que te falam de um tempo excepcionalmente afortunado à Humanidade.

Esquece, por momentos, acepipes e licores, vestes e presentes, sons e ornamentos, e interiorizando-te, deixa que uma luz maior te banhe o entendimento te levando para um lugar à parte, distante de todas frivolidades, para falar de alegrias que realmente importam ao teu progresso espiritual.

Como te encontras, desde o último Natal? 

Olhando em torno sentirás tristeza, por certo, porque o mundo prossegue envolto em sombras, malgrado todas as esperanças de um tempo mais íntegro, melhor. 

Isso porque não bastam súplicas e desejos; necessário é trabalhar na edificação da paz almejada. 

Renova, por esta razão, teu modo de apresentar-se à grande festa da Luz. 

Envolve-te ricamente, porém nas vestes do amor e do bem; alimenta-te fartamente, mas de bom ânimo e coragem; bebe em abundância apenas do licor da alegria e da esperança; presenteia sem erro paz e harmonia ao teu próximo e roga para ti os mimos imorredouros do aperfeiçoamento, como lembrança preciosa e definitiva. 

Paciência - para as dificuldades.

Tolerância - para as diferenças.

Benevolência - para os equívocos.

Misericórdia - para os erros.

Perdão - para as ofensas.

Prudência - para as ilusões.

Equilíbrio - para os desejos.

Sensatez - para as escolhas.

Sensibilidade - para os olhos.

Delicadeza - para as palavras.

Discernimento - para os ouvidos.

Resignação - para a escassez.

Responsabilidade - para a fartura.

Coragem - para as provas.

Fé - para as conquistas.

Amor - para todas as ocasiões.
Somente assim viveremos de Natal a Natal conforme a orientação cristã do Espiritismo, que nos recomenda raciocinar para compreender, amar para engrandecer e trabalhar para realizar". 

(Mensagem ditada por André Luiz em reunião do Instituto André Luiz, em 22/12/2002.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário